Mulher esfaqueada em N. Iguaçu teria sido vítima de ex

A dona de casa foi apunhalada no peito e morreu antes receber atendimento médico (Foto: Divulgação)

A dona de casa Elcida Teixeira Ambrósio dos Santos, de 36 anos, foi esfaqueada e morta na noite deste sábado, na rua Santa Eugênia, no bairro de Comendador Soares, em Nova Iguaçu. De acordo com O DIA, o suspeito do crime é o ex-namorado da vítima, Alexandre dos Santos Gonçalves, de 47 anos, que preso em um logo após a ocorrência, por policiais do 20º BPM (Mesquita), enquanto festejava em um baile.

Os policiais encontraram o suspeito em uma festa na quadra da escola de samba Leão de Nova Iguaçu, pouco depois do crime.

Segundo familiares da vítima, Alexandre não aceitava o fim do relacionamento que durou um ano e meio. O crime aconteceu na casa de Elcida, onde a faca utilizada no esfaqueamento foi encontrada. “Eles moraram juntos e ele sempre foi muito ciumento. Os dois se separaram há cerca de três meses, mas ele não admitia”, contou um primo de Elcida, que preferiu não ser identificado. “Desde que eles terminaram, ele a ameaçava. Até que foi na casa dela no sábado e pediu pra eles conversarem. Assim que eles ficaram sozinhos, ele a esfaqueou”, disse outra prima de Elcida.

A vítima chegou a ser levada para o Hospital Geral de Nova Iguaçu, mas não resistiu aos ferimentos. Elcida deixa um casal de filhos, de 14 e 18 anos. Os dois também ajudaram a socorrer a mãe, esfaqueada no peito.

A Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) investiga o caso.


Faça Comentários pelo Facebook!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *