Pele de homem derrete após ser obrigado a se deitar no asfalto

Um homem sofreu intensas queimaduras no corpo após ser forçado por policiais a se deitar de bruços em uma rua “incandescente”, na Califórnia, nos Estados Unidos. No momento, ele estava sem camisa.  

Segundo a reportagem divulgada pela CBS TV, a temperatura do asfalto estava a 77 graus. A família da vítima divulgou imagens fortes para chamar atenção para o caso. A pele no rosto e no peito de James BradFord Nelson, de 28 anos, “derreteu”. Ele passou dois meses em um hospital da cidade se recuperando das queimaduras.

James tem problema psicológico e estava andando de na entrada de uma empresa quando despertou atenção de agentes que passavam pelo local. Os policiais o dominaram e o levaram ao solo. James está pedindo na Justiça indenização de o equivalente a R$ 86 milhões.

 

[Foto: Reprodução/CBS] 


Faça Comentários pelo Facebook!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *