Baixada volta ao topo da violência – Conecta Baixada

Baixada volta ao topo da violência

Duque de Caxias foi a cidade mais violenta do estado no mês de setembro, com 40 homicídios registrados 

A Baixada Fluminense voltou a ocupar lugar de destaque no vergonhoso pódio da violência. Segundo dados divulgados pelo Instituto de Segurança Pública (ISP) do Rio de Janeiro, dos 423 homicídios dolosos (com intenção) registrados em todo o estado no mês de setembro, 160, ou seja, 37,8% ocorreram na região. Só a cidade de Duque de Caxias, terceiro maior colégio eleitoral do estado, registrou 40 casos, tornando-se a mais violenta do Rio de Janeiro. Os outros municípios que colaboraram para que a Baixada ganhasse destaque no mapa da violência foram Seropédica, Itaguaí, Paracambi, Queimados e Japeri que, juntas registraram os outros 44 casos. Já na área que abrange as cidades de Nova Iguaçu, Nilópolis e Mesquita foram 31 mortes.Os outros casos aconteceram nas AISPS 39 (Belford Roxo), com 21 mortos; 21 (São João de Meriti), 14 mortos; e 34 (Magé), com 11.

Outro crime que ajudou a manter a Baixada do topo da vergonha foi o roubo de rua, que abrange o roubo de celulares e a transeuntes. Dos 11.199 casos registrados no estado, 2.841 aconteceram nas Áreas Integradas de Segurança Pública (AISP) da Baixada Fluminense – 15 (Duque de Caxias), 20 (Nova Iguaçu, Mesquita e Nilópolis), 21 (São João de Meriti), 24 (Seropédica, Itaguaí, Paracambi, Queimados e Japeri), 34 (Magé e Guapimirim) e 39 (Belford Roxo).

O roubo de carros também esteve em alta na Baixada durante o mês de setembro, com 1.169 registros nos 13 municípios da região. 


Faça Comentários pelo Facebook!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *