TRF derruba decisão da Alerj: Picciani, Paulo Melo e Albertassi presos novamente

O Tribunal Regional Federal da 2ª Região acaba de anular a decisão da Alerj que mandou soltar os deputados estaduais Jorge Picciani, Paulo Melo e Edson Albertassi. Em sessão realizada agora à tarde, a prisão dos três foi decretada novamente, por cinco votos a zero.

O Tribunal condenou a postura da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro. Os três tinham deixado a prisão na última sexta-feira (17). Para o desembargador Messod Azulay, segundo a votar, “a assembleia escreveu uma página negra na história do nosso Estado”.

O desembargador Abel Gomes propôs a intervenção do Supremo Tribunal Federal, caso a decisão seja descumprida. Segundo ele, o STF poderia determinar intervenção federal na Alerj. Os três estão sendo investigados na Operação Cadeia Velha, que apura a prática dos crimes de corrupção, associação criminosa, lavagem de dinheiro e evasão de divisas pela presidência da Alerj e outros cargos na Casa.


Faça Comentários pelo Facebook!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *