Prazo de saque do FGTS inativo é prolongado para doentes graves e presos

O presidente Michel Temer estendeu o prazo para sacar o FGTS inativo pessoas em situações de enfermidade grave e presidiários. Eles poderão efetuar o saque até o dia 31 de Dezembro de 2018 portando os devidos documentos e as comprovações de seu estado. Os demais trabalhadores tinham o prazo de retirada até 31 de Julho deste ano.

 

Tem direito a sacar o valor do FGTS inativo quem pediu demissão ou foi demitido por justa causa até 31/12/2015. Uma conta fica inativa quando o trabalhador deixa o emprego e este não pode sacar o FGTS de uma conta ativa.

 

Veja abaixo os documentos necessários para comprovar a impossibilidade de comparecimento do trabalhador:

 

  • Apresentação de atestado médico, nos casos de grave moléstia, justificando a impossibilidade de comparecimento do titular da conta vinculada;
  • Certidão, em nome do titular da conta vinculada, obtida junto à Vara de Execução Penal, Vara de Execução Criminal ou juízo responsável que decretou a prisão, ou ainda expedida pela autoridade da unidade prisional que o custodiou, nos casos de cumprimento de pena ou prisão administrativa restritiva de liberdade.

 

[Créditos da Foto: Marcos Corrêa / PR]  


Faça Comentários pelo Facebook!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *