Conexão Geral – Davi de Castro

Vergonha nacional nos presídios do Rio

O desvio de alimentos, mudança de conduta e a relação de cumplicidade entre presos, servidores e dirigentes do presidio Milton Dias Moreira, em Japeri, cujas imagens foram mostradas pela televisão, constituem uma grande vergonha. Isso pode explicar a certeza da impunidade e o crescimento da violência no Rio e no país. Ficar preso em algumas cadeias do Brasil, pode ser um grande negócio. O jornalista Marlon Brum mostrou sua indignação e postou o seguinte no Facebook. “Erir Ribeiro, o secretário da vergonha, mesmo de escândalo em escândalo, não cai… Um dos enigmas dessa lástima do governo Pezão”. Abaixo, a Elba Boechat, outra coleguinha, completou. “Não foi ele quem recebeu, tempos atrás, o prêmio de personalidade do ano pelo Globo?????”. Foi sim , Elba, o prêmio Faz Diferença, em 2003. Um país que concede privilégios a detentos, como o ex-governador Sérgio Cabral, e o mega traficante Fernandinho Beira-mar, dentre outros, só aumenta os índices de violência e de vergonha nacional.

Outra vergonha

Em 2016 foram assassinadas mais de 61 mil pessoas em nosso país. Ou seja, a criminalidade matou mais do que a bomba atômica que caiu em Nagasaki (Japão), durante a segunda guerra mundial, dia 9 de agosto de 1945. Calcula-se que morreram menos de 50 mil pessoas.

Mais vergonha

Políticos roubam o dinheiro do povo nos cofres públicos e o presidente da República, ao invés de prender o ladrão e tomar a grana de volta, prefere sacrificar o trabalhador. Temer aumenta  para 14%  o desconto da previdência e reduz o valor do salário mínimo. Cara de pau.

Ou será o Benedito?

O deputado Jorge Picciani, chefão do PMDB-RJ, buscou a Procuradoria Geral da República (PGR), para fazer delação. Rodrigo Janot deixou o cargo e a negociação não prosperou. Quem contou foi Maurício Lima, colunista da revista Veja. A assessoria de Picciani nega.

Água acaba com o ‘manobreiro fantasma’ da rua da Serra

A chegada dos 20 km de tubulação para expansão da rede de água da Cedae em Mesquita, afastou o fantasma do “manobreiro” da rua da Serra. Conta a lenda no bairro Santa Terezinha, que a água faltava naquele trecho, principalmente acima da rua Carlinha, porque o tal ‘manobreiro’ desviada para outra região. Com o assentamento dos tubos, ligados a um tronco direto, não haverá desvio. Lenda ou realidade, durante visita de Waltinho Paixão à execução das obras da rua, os moradores comemoraram.

Lá também tem…

O arrogante Donald Trump, presidente americano, está sendo investigado pelo FBI (policia federal de lá).   Seu assessor de campanha, Paul Manafort, está preso. São 12 acusações, dentre conspiração com a Rússia, lavagem de dinheiro e falha nas contas bancárias.

Namoro ou…

A harmonia politica parece que está voltando a reinar entre a Câmara de Vereadores e o governo do prefeito de Mesquita, Jorge Miranda. Parlamentares  tem sido vistos pelo gabinete do prefeito. Esta semana, Pebo e Vandinho, alegres e felizes, deram as caras por lá.

Morre Beca

É com pesar que registramos o falecimento do ex-vereador de Mesquita, Roberto Augusto de Paula, 71 anos, o Beca. Com problemas na coluna vertebral, estava internado há seis meses no Hospital Antônio Pedro, em Niterói, e morreu na manhã de quarta-feira (01).


Faça Comentários pelo Facebook!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *