Enredo sobre Maria Gonga faz sucesso na sapucaí

Acadêmicos da Rocinha foi a segunda escola a desfilar e homenageou guerreira de Magé

A noite da sexta-feira (21) de Carnaval foi especial para o município de Magé. O motivo? A homenagem que a G.R.E.S Acadêmicos da Rocinha fez na Marquês de Sapucaí para a heroína mageense, Maria Conga, com o enredo: “A guerreira que dominou dois mundos”.

Durante o desfile, a trajetória da antiga moradora do único quilombo reconhecido na Baixada Fluminense foi contada através das fantasias e alegorias criadas pelo carnavalesco Marcus Paulo.

Animação foi uma coisa que não faltou nos 55 minutos de passarela. Os componentes de São Conrado mostraram a garra da comunidade e os mageenses também fizeram questão de participar da homenagem à Maria da Conceição.
 
“O povo do quilombo merece muito essa homenagem. Fui nascida e criada no bairro de Maria Conga e estou amando sair na Rocinha, homenageando a nossa heroína”, disse Maria da Glória Souza, mais conhecida na região como ‘Glorinha Enfermeira’.

O presidente da agremiação, Ronaldo Oliveira contou como surgiu a ideia de fazer um enredo sobre a guerreira. “Nosso carnavalesco veio com essa ideia e a Prefeitura de Magé, juntamente com a Secretaria de Educação e Cultura nos deu todo o apoio. A escola ficou muito feliz com a integração com o povo mageense e também por prestar essa homenagem à Maria da Conceição, a Maria Conga”, explicou o presidente da agremiação.

A secretária de Educação e Cultura, Álison Brandão, carinhosamente intitulada pelo presidente Ronaldo como madrinha da agremiação, falou sobre como sua equipe ajudou nas pesquisas do enredo e da emoção que é participar do desfile. “Quando ficamos sabendo que a Rocinha ia falar de Maria Conga, falei com o prefeito e ele nos autorizou a dar todo o apoio cultural que a escola precisasse.  Recebemos, por meio da Fundação Cultural, o carnavalesco e toda a sua equipe, eles ficaram maravilhados com a riqueza da história de Magé e da Maria Conga. Estou orgulhosa de  ver o capricho que o trabalho foi desenvolvido”, relatou.

“Quero agradecer a escola por fazer um enredo sobre Maria Conga. Acredito que através dele a cultura do nosso município será espalhada por todo o país”, disse o prefeito Rafael Tubarão. O prefeito completou que a imagem de Magé está cada vez mais sendo bem vista por sua cultura e por tudo de bom que está acontecendo na cidade. “Estou muito feliz por este enredo ter sido escolhido no ano em que Magé completa 455 anos”, finalizou. 


Faça Comentários pelo Facebook!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *