Governo do Estado do Rio anuncia UPP’s em Angra dos Reis

Objetivo é diminuir os índices de criminalidades no município da Costa Verde do Rio de Janeiro. As instalações começam já em janeiro

O Governo do Rio de Janeiro anunciou a implantação de três Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) em Angra dos Reis, nas comunidades de Camorim Grande, Belém e Frade. O acordo foi firmado com a Prefeitura de Angra dos Reis nesta segunda-feira (23/12). As primeiras unidades do interior devem ser instaladas até o fim de janeiro de 2020.
Governador do Estado, Wilson Witzel fala sobre o novo formato das Unidades de Polícia Pacificadora.  “Estamos projetando um novo modelo para as UPPs, com foco também nos serviços sociais para a população, e as unidades de Angra dos Reis serão as primeiras instaladas com esse conceito”, afirmou o governador.

Além das UPPs, a Secretaria de Estado de Polícia Militar garantiu a construção de um novo batalhão na região. Hoje, o 33° BPM funciona no Parque Mambucaba e deverá ser transferido para uma área nova, no Centro de Angra, em endereço a ser definido, após acordo com a Câmara dos Vereadores. No entanto, em Mambucaba, funcionará uma Companhia Destacada e haverá reforço no patrulhamento ostensivo da área. A cidade vai receber ainda um blindado e reforço de efetivo de 120 PMs até o fim do ano.

Objetivo é diminuir os índices de criminalidades no município da Costa Verde do Rio de Janeiro. (Foto: Governo do Rio de Janeiro/ Paulo Vitor)
Já o secretário de Polícia Militar, coronel Rogério Figueredo, comenta o objetivo do investimento da segurança em Angras dos Reis. “Com essas ações, queremos diminuir o número da violência. A função da PM não é fazer guerra, é a de prevenir. Não vamos só aumentar o efetivo. Vamos entrar também com ações sociais”, disse o coronel.

No novo modelo de segurança desenhado para Angra dos Reis, a Polícia Civil vai atuar em conjunto com a Polícia Militar, intensificando ainda mais as investigações contra as facções que atuam na região da Costa Verde. “Só com esse gesto aqui hoje do governador e do prefeito de Angra, digo que já ganhamos o jogo. A Polícia Civil entra pela primeira vez com as UPPs e com um trabalho conjunto de ação social”, afirmou o secretário de Polícia Civil, Marcus Vinícius.

As comunidades de Angra vão receber o apoio de setores ligados ao Desenvolvimento Social, Trabalho e Renda, Educação, Esporte e Lazer. É um resgate da cidadania. Levaremos o atendimento de direitos humanos e cursos de capacitação para inserir jovens envolvidos com o tráfico no mercado de trabalho. O pedido do governador é para que a gente possa agir juntos com a Segurança – explicou a secretária de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, Fernanda Titonel.


Para o prefeito Fernando Jordão, o engajamento do governador Witzel é inédito no município.”Nós estamos vendo uma coisa inédita em Angra, e a equipe do governador veio para anunciar mais investimentos na segurança. Eu não tenho dúvida de que vamos colher os resultados. O importante é que a gente tem um governador comprometido com a melhoria de vida e segurança do município”,  destacou o prefeito.

Investimento em turismo

Durante a reunião, o governador anunciou também um investimento de R$ 5 milhões para a promoção do turismo de Angra. “Vamos também recuperar o aeroporto de Angra e alavancar a produção dos estaleiros. A medida vai gerar emprego e renda e movimentar a economia do município, ressaltou Witzel”

A reunião contou ainda com a presença de deputados estaduais e vereadores de Angra.

Faça Comentários pelo Facebook!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *