Em Curitiba, pastor de Caxias “unge” cadeado para libertar Lula

Davi Boechat (davi.boechat@conectabaixada.com.br)

O pastor Daniel Elias, da Assembléia de Deus, realizou no último domingo (23) um “ato profético” em favor do ex-presidente Lula na sede da Polícia Federal de Curitiba, no Paraná. Durante a cerimônia, o religioso de Duque de Caxias ungiu com óleo consagrado um cadeado no portão da delegacia onde o político cumpre pena por corrupção e lavagem de dinheiro. “Foi uma grande injustiça, uma grande covardia, e eu entendi que só existe uma forma do lula sair daqui, que é Deus abrindo a porta da prisão”, explicou Daniel.

Com 39 anos, o pastor Daniel é um dos maiores populares defensores de Lula entre os evangélicos. Através das redes socais, onde acumula mais de 20 mil seguidores, tornou-se referência no apoio ao condenado e ao Partido dos Trabalhadores (PT), em que é afiliado. Na legenda, Daniel atua na militância junto aos religiosos. O pastor vive no distrito de Santa Cruz da Serra e, apesar do título religioso, não atende nenhuma igreja da denominação em que é associado.

“Eu creio que muito em breve Lula vai sair como um sinal pra todos verem que o que Moro e Dallagnol fizeram foi uma grande covardia e que essa aliança dos evangélicos com Bolsonaro está reprovada por Deus”, afirmou. “Eu peço que Deus possa abrir as portas da liberdade e que dentro de uma semana, um mês, Lula possa ganhar a liberdade. Em Nome de Jesus, amém!”, disse o pastor encerrando o vídeo que divulgou pelo Facebook. Na ocasião, Daniel endereçou a Lula uma carta de próprio punho, onde disse: “Lula, eu sou um pastor do Rio de Janeiro e estou orando por sua liberdade. Deus te abençoe”.

Atualmente, o PT está buscando recuperar o prestígio desgastado para com os cristãos, resultado da defesa de pautas como a legalização do aborto. Em Abril, um fórum promovido pela Fundação Perseu Abramo, braço intelectual do PT, reuniu pela primeira vez militantes petistas de orientação protestante com o Encontro de Evangélicos e Evangélicas. Ao lado da deputada federal Benedita da Silva, membro da Igreja Presbiteriana do Brasil, Daniel foi um dos representantes do Rio de Janeiro no evento.

 

Faça Comentários pelo Facebook!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *