Prefeitura de Nova Iguaçu dá isenção de IPTU para idosos

Portadora de necessidades especiais, a cadeirante Denilda Carlos Nogueira, de 67 anos, foi uma das 150 moradoras de Nova Iguaçu a receber nesta terça-feira (27), a certidão de isenção de Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) para idosos. Ela, que mora no bairro Jardim Canaã e possui uma renda mensal de um salário mínimo, vai economizar R$ 190 que era cobrado pelo imposto. A Prefeitura de Nova Iguaçu, através da Secretaria de Economia e Finanças, ainda entregou o benefício de isenção de IPTU para templos religiosos e entidades filantrópicas. O evento aconteceu na Casa da Cultura de Nova Iguaçu Teatro Sylvio Monteiro, no Centro.

“O idoso que tem mais de 60 anos de idade, que possui um único imóvel que nele reside e ganhe menos de dois salários mínimos tem direito a isenção. É um benefício justo para os idosos, assim como para os templos religiosos de qualquer natureza, seja afrodescendente, católico ou evangélico, e entidades partidárias e sindicais tem o mesmo direito”, explicou o vice-prefeito e Secretário Municipal de Economia e Finanças, Carlos Ferreira, o Ferreirinha.

Ainda segundo ele, a Prefeitura vai conceder, no total, cerca de 500 certidões. “Até maio ainda vamos entregar outras certidões. Tivemos muitas entidades filantrópicas beneficiadas, como a Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais), AACD (Associação de Assistência à Criança Deficiente), Sindicato dos Rodoviários, entre outros”, lembrou.

Mãe de um filho portador de necessidades especiais, a doméstica Ana Borges de Sá Lima Pereira, 70, pagava cerca de R$ 700 com o IPTU, mas com a isenção, ela vai poder economizar para comprar todos os medicamentos que necessita durante o mês.

“Vivo com apenas um salário mínimo e gasto muito com remédios controlados. Com esta isenção, vou viver com mais dignidade e passar menos dificuldade. A isenção veio em boa hora”, afirmou a moradora do Moquetá.

Para conseguir a isenção de 2019, basta a população ir até a Secretaria Municipal de Economia e Finanças, na Central de Atendimento ao Contribuinte, até o dia 31 de agosto, com xerox da identidade, CPF, comprovante de renda e residência, entre outros, além de alguns requisitos, como ter 60 anos ou mais, receber até dois salários mínimos e possuir somente um imóvel em seu nome e nele residir.

Além Carlos Ferreira, participaram do evento, a secretária de Assistência Social de Nova Iguaçu, Elaine Medeiros, o bispo da cidade, Dom Luciano Bergamin, o presidente da Associação Batista iguaçuana, André Aroldo, o presidente do Sindicato dos Rodoviários de Nova Iguaçu, Joaquim Graciano, o Buda, o presidente do Conselho de Contribuinte, Jerry Simões, além de José Mauro Nunes, da Associação beneficente Ile Ase Ofa.

 

 

[Foto: Divulgação] 


Faça Comentários pelo Facebook!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *