A culpa é de quem? Prefeitura limpa e o povo suja

Três dias depois de retirar todo entulho e resíduos localizados ao lado da estação de Edson Passos, em Mesquita, moradores da cidade continuam despejando lixo no local. Apesar dos recolhimentos frequentes, como no último sábado (24), grupos de oposição do governo têm disseminado a falsa notícia de que a prefeitura abandonou a área quando na verdade o cenário é consequência da má conservação e da falta de conscientização da população.

O Secretário Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo, Luney Martins, afirma que o desafio é a compreensão dos munícipes de que ali não é um lugar de descartes. “Nós estamos tentando incentivar a população a não fazer esse descarte porque já tem o recolhimento normal da prefeitura. Mas as pessoas insistem em jogar lixo lá. Estamos fazendo um trabalho e tentando descobrir quem são essas pessoas, através da Secretaria de Segurança do município, podendo ser carroceiro, morador e até empresas.”

Agora, para quem realizar os despejos, haverá uma multa para garantir que os custos e os danos causados sejam compensados. “A gente geralmente dá uma multa de acordo com a capacidade que a pessoa tem de pagar. Tem um período de defesa, que é o direito contraditório, mesmo sendo casos em flagrante. Damos um prazo para se apresentar com os seus argumentos e então aplicamos a multa, podendo variar entre mil e três mil reais. Vale lembrar que os responsáveis das obras, que despejam os entulhos, também sofrem sanções”, explicou Luney.

A ação de manter o local limpo e sem resíduos e também de multar os infratores é da Secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo juntamente com a Secretaria de Segurança.


Faça Comentários pelo Facebook!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *