Medo no Hospital da Posse

O diretor –geral do Hospital Geral de Nova Iguaçu (HGNI), Joé Sestello, afirma temer que haja resgate de um dos 12 presos custodiados internados na unidade, sendo que um deles está de alta desde setembro de 2015 e ainda não foi transferido para o presídio. A denúncia foi feita após o Hospital receber informação de que criminosos pretendiam resgatar um dos custodiados.

A direção do HGNI ainda destaca que vários pedidos de transferência do preso já haviam sido encaminhados à Secretaria de Administração Penitenciária (SEAP), mas ainda não foi atendido. Atualmente, o Hospital é referência na Baixada Fluminense e o único da região a receber tutelados.

Com medo de que um dos presos seja resgatado, assim como ocorreu no Hospital Municipal Souza Aguiar, quando o traficante Fat Family foi levado por outros criminosos da enfermaria, o HGNI decidiu levar a denúncia ao Conselho de Regional de Medicina do Rio (Cremej).

Segundo o ofício, a informação de que criminosos planejavam invadir o Hospital para levar o preso de alta chegou a ser enviado ao Poder Judiciário, que determinou a remoção do preso, o que não foi feito. 


Faça Comentários pelo Facebook!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *