Futuro do prefeito de Seropédica será decidido nesse sábado

Alcir Fernando Martinazzo pode ter mandato cassado por denúncias da CPI promovida por vereadores

O futuro político de Alcir Fernando Martinazzo (sem partido), prefeito de Seropédica, pode ser decidido no próximo sábado. Uma sessão extraordinária da Câmara de Vereadores irá expor supostas irregularidades em contratos de licitação elaborados pelo município.

Futuro de prefeito de Seropédica será decidido nesse sábado-2

Martinazzo e aliados comemoram recondução ao cargo em julho desse ano

Foto: Marllon Guedes/Prefeitura de Japeri

Eleito em 2012, Martinazzo já está no terceiro embate com os vereadores do município. Em julho passado, ele teve o mandato cassado após suspeitas de contratação de funcionários fantasmas pela prefeitura e apropriação indébita pelo não recolhimento de INSS. A recondução ao cargo aconteceu dez dias após a votação, em uma decisão do juiz Alex Quaresma Ravache, da 1ª Vara de Seropédica. À época, o vereador Wagner Vinicius de Oliveira, presidente da Câmara, assumiu o executivo do município, já que o vice-prefeito, Zealdo Amaral, morreu em 2014, vítima de infarto fulminante. Seis vereadores foram a favor e dois contra a cassação.
Em agosto, Martinazzo seria novamente alvo de denúncias na Câmara de Vereadores. Dados preliminares da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) instaurada indicavam que ele estaria por trás da contratação de contratos ilícitos. O apoio mínimo de sete vereadores para o afastamento do prefeito foi superado. Os oito parlamentares presentes foram favoráveis e dois se abstiveram.
Nos bastidores políticos da cidade diz-se que a rejeição do prefeito chega a 70%. Acredita-se também que Martinazzo não terá um sucessor no governo, apesar dele ter dois possíveis apoiados em vista: Wilson Bezerra ou Fábio Silva, ambos do PMDB.
No entanto, o ceticismo na cassação soa quase uníssono: “Ainda que ele seja deposto, terá uma liminar ao seu lado”, comentou um oponente.
A sessão acontecerá no próximo sábado, às 10h da manhã.


Faça Comentários pelo Facebook!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *