Fórum debate desenvolvimento econômico na Baixada Fluminense

O evento, que será realizado mensalmente, pretende discutir a cada reunião um assunto de interesse público

FÓRUM BAIXADA FLUMINENSE DESAFIOS E OPORTUNIDADES

Centenas de pessoas participaram do evento, que aconteceu no auditório da UNIG, em Nova Iguaçu

Foto: Davi Boechat/Conecta

Com o objetivo de discutir iniciativas que resultem no crescimento da Baixada Fluminense, foi realizada na última segunda-feira (6) a primeira edição do fórum ‘Nova Iguaçu e Baixada Fluminense – Desafios e Oportunidades’, que reuniu centenas de pessoas no auditório da Universidade Iguaçu (UNIG). O evento contou com a presença de lideranças políticas de diversos municípios, além do público formado por interessados e correligionários dos diretórios locais do Partido da República (PR), Partido Popular Socialista (PPS), Partido Comunista do Brasil (PCdoB), Partido Socialista Brasileiro (PSB) e Partido Verde (PV).

A primeira reunião teve como tema a economia no Rio de Janeiro e diversos aspectos que implicam na atual situação econômica do Estado foram abordados com foco na Baixada Fluminense, que norteou toda a programação.

FÓRUM BAIXADA FLUMINENSE DESAFIOS E OPORTUNIDADES

 

De acordo com o economista Mauro Osorio, a falta de renovação política está por trás da falta desenvolvimento

Foto: Davi Boechat/Conecta

Mauro Osorio, economista e professor da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), foi o palestrante da noite. Em sua apresentação, o especialista mostrou números que indicam a má posição da Baixada Fluminense em relação a outras regiões do estado. Para ele, a origem dos resultados ruins nos mais diversos quesitos está na falta de planejamento Os indicadores mostram que a educação na Baixada tem pouco aproveitamento. Há também falta d’água, esgoto e saneamento. Isso tudo acontece devido a ausência de planejamento, opinou Osório. Ainda segundo o especialista, os problemas são reversíveis, mas faltam políticos comprometidos com a resolução das demandas. Oportunidades existem, mas a falta de renovação na política faz com que muitos projetos deixem de acontecer, finalizou o especialista.

 

FÓRUM BAIXADA FLUMINENSE DESAFIOS E OPORTUNIDADES

Segundo o deputado estadual Rogério Lisboa, a falta de atuação do estado atrapalha o crescimento da região

Foto: Davi Boechat/Conecta

 

O deputado estadual Rogério Lisboa (PR-RJ), que fez parte da organização, é otimista quanto ao crescimento da Baixada Fluminense. Para ele, a região tem vantagens que se exploradas podem ajudar no desenvolvimento. A Baixada é importante para o estado do Rio de Janeiro. Com quase dois milhões habitantes, a região tem um grande potencial. Passa por nós a Rodovia Presidente Dutra e também o Arco Metropolitano. Essas são apenas algumas características que temos para que nos desenvolvamos mais. Nos falta apenas melhor atuação do governo, disse Lisboa.

Ainda segundo o parlamentar, as próximas reuniões, que serão realizadas mensalmente, continuarão trazendo especialistas que discutirão assuntos de interesse público como saúde, educação e segurança.

 


Faça Comentários pelo Facebook!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *